RESIDÊNCIA INCLUSIVA DO PEQUENO COTOLENGO

Entenda como funciona essa moradia que acolhe atualmente 10 pessoas com deficiência. 

Residência inaugurada em 07 de março de 2019 completa um ano de existência. Como proposta da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo o Pequeno Cotolengo abriga 10 moradores com deficiência física e mental em uma casa no bairro de Cotia – SP. 

Os moradores da residência inclusiva recebem todo cuidado especial de uma equipe de profissionais capacitados, que vão além de cuidadores, mas também com acompanhamento de psicólogos e terapeutas ocupacionais. Em nossa página no Facebook sempre divulgamos as ações que são promovidas com os nossos meninos nesta residência.  

Estimular habilidades e gerar consciência, essa residência também tem o objetivo de preparar os nossos meninos para o convívio em sociedade. Nesta casa eles exercitam a criatividade, ajudam na cozinha e limpam a casa, são experiências novas, mas que fazem uma grande diferença na vida de cada um deles. 

ATIVIDADES PARA DESPERTAR UM NOVO MUNDO:

Além da convivência em família que a residência proporciona os moradores dessa casa também aproveitam as oportunidades para fazer passeios em museus, conhecer parques, praticar atividades físicas e estudar na APAE durante parte do período. Essas ações despertam um novo mundo e colocam esses assistidos a se sentirem integrados na nossa sociedade. 

TRABALHANDO A AUTONOMIA:

De acordo com uma matéria publicada pela Visão Oeste, a conquista da autonomia é um grande estimulo para pessoas com deficiência e ajudam no desenvolvimento e no aperfeiçoamento de habilidades além de melhorar a autoestima dessas pessoas. A conquista da autonomia por sua vez pode representar varias coisas, é um sentimento e ação individual de cada pessoa com deficiência. O desenvolvimento da autonomia pode ser o simples fato de uma pessoa conseguir comer sozinho, mas também pode ser representada com a oportunidade de ir em “escolas especiais” e academias. Por isso, nosso time de psicólogos trabalham para cativar ainda mais ainda essa competência e elevar a visão dos nossos moradores de si mesmo. 

RESIDÊNCIA E O PEQUENO COTOLENGO:

Essa nova moradia que completa um ano de vida pertence ao Pequeno Cotolengo Paulista, por sua vez, conta com ajuda de repasses do Governo do Estado de São Paulo. Dessa forma, nossos assistidos recebem o melhor conforto e moradia, sempre em contato com a instituição e com os outros assistidos. 

Neste primeiro ano de residência inclusiva tivemos muitos ganhos, foi uma experiência muito positiva. Nossa instituição se alegra com os benefícios gerados aos nossos moradores e temos a intenção de ampliar este modelo de serviço fazendo futuramente uma residência feminina para que tenham mais conforto e qualidade de vida. 

SAIBA COMO AJUDAR:

Para continuar crescendo e mudando a vida de pessoas com deficiência, precisamos do seu apoio, venha fazer parte do nosso time de doadores e ajude a nossa instituição a ampliar e acolher cada vez mais pessoas.