PEQUENO COTOLENGO CELEBRA A CONSTRUÇÃO DE DOIS NOVOS ESPAÇOS

Por: Ivan Duarte

O dia 16 de Julho de 2020 é uma data muito especial para o Pequeno Cotolengo Paulista. No dia em que se celebra a memória litúrgica de Nossa Senhora do Carmo, a Instituição inaugura também dois novos espaços especiais.

Em um ano atípico, por conta da pandemia do coronavírus, o ano de 2020 também ficará registrado na memória da nossa Instituição como uma nova etapa de vida aos moradores que já chegaram na terceira idade. O Lar dos Idosos – Pe. José Tonelli, promove um novo momento para os assistidos que ao longo da vida receberam os nossos cuidados e atendimentos especializados. Com toda certeza, chegar nessa altura da vida é sinônimo de conquista e de grandes alegria!

Entre os muros da residência, uma área verde especial projetada justamente para proporcionar aos moradores um contato proveitoso com a natureza. Logo na chegada, Nossa Senhora do Carmo tem um espaço especial em um quadro feito por azulejos, a nossa confiança na mãezinha desperta em nossos corações uma proteção e um amparo todo especial . Os quartos obedecem todos os critérios essenciais para locomoção e recebem uma decoração personalizada com cores vivas, trazendo alegria e aconchego que os moradores tanto merecem.

O Lar dos Idosos – Padre José Tonelli é uma justa homenagem a um Sacerdote Italiano Orionita. Nossos moradores, benfeitores e voluntários fazem lembrança a esse Padre que foi tão empenhado e dedicado no serviço da caridade, nesta que é a primeira obra do Pequeno Cotolengo existente no Brasil. Da mesma forma que contamos com a intercessão e proteção de Nossa Senhora do Carmo, o Lar dos Idosos também estará sobre a memória do Padre José Tonelli.

Quem acompanha os projetos de ampliação do Pequeno Cotolengo celebra o momento com profundo entusiamo. Para Dora De La Vega, voluntária da Nossa Instituição o momento se resume apenas em duas palavras “Orionitas Incansáveis”. Já para os internautas que puderam acompanhar a cerimônia pelas redes sociais o momento foi regado de muitas emoções.

SALA MEMORIAL

Em outro espaço da Instituição, uma sala totalmente diferente, nela os principais acontecimentos e a história viva desses 56 anos de existência. A sala memorial é um ambiente para conservar todo processo construtivo da obra inspirada por São Luís Orione. No centro da sala, as atenções se voltam a uma cadeira de rodas e a uma muleta, reforçando a importância da pessoa com deficiência, causa nobre e que movem as nossas tarefas. 

Uma sala ambiente que conserva o sonho de Padre Valdástico Patarello (Primeiro Diretor do Pequeno Cotolengo Paulista), e toda Família carismática Orionita. Em cada espaço da sala um acontecimento histórico. Logo na chegada um texto que faz homenagem ao projeto idealizado por São Luís Orione, com palavras fortes e tocantes. Os mascotes da Instituição Kiko & Nina também estão projetados em um display, assim como a margarida, que apesar de ter uma pétala faltando, representa a beleza e o perfume que exala da alma de cada morador. 

Quem anda pela sala consegue ver ao longo do percursos totens espalhados indicando todos os serviços, assim como a missão, visão e valores da Instituição. Os visitantes podem ainda conferir um painel com a história de todos os moradores da Instituição, os nossos patrões não poderiam ficar de fora dessa sala tão viva e importante.

Para Natali, que acompanha sempre o trabalho do Pequeno Cotolengo, acredita que esse momento restaura muita esperança e qualidade de vida aos moradores e na história da Instituição:

“Demonstra um carinho e cuidado imensurável por parte da instituição, tanto com os moradores quanto com os apreciadores do projeto. É uma preocupação com a preservação histórica e também uma forma de homenagear todos aqueles que passaram pelo Pequeno Cotolengo e contribuíram para que ele se tornasse o que é hoje. São registros de fases importantes, que nos dão o sentimento de enorme gratidão por tantas pessoas que disseram “sim” e se dedicaram há tempos, com certeza uma forma de sairmos mais motivados e inspirados a fazer o mesmo, viver uma vida regada de propósitos e buscar um coração cada dia mais nobre.

Para Josefina, voluntária do Pequeno Cotolengo, não esconde sua forte a emoção: 

“Estou muito feliz. Eu consigo perceber toda dedicação e empenho da Instituição em promover mais conforto e querer ajudar ainda mais pessoas. Há um tempo atrás, eu lembro do Padre Claudinei, inspirado pelo nosso Santo Fundador, com o desejo de fazer de modo muito especial essa residência para os idosos. Eu sonhei com essa ampliação, com essa oportunidade de oferecer conforto a pessoas que já estão em uma idade avançada, sabe?Deus concedeu uma bênção especial, hoje faltam palavras para dizer o quanto esse projeto representa em nossas vidas, Obrigada Jesus”. 

Emocionada com as inaugurações, a voluntária Maria Luíza, conta detalhes de sua emoção na inauguração desses novos ambientes da Instituição:

“Falar sobre a inauguração do Lar dos Idosos – Pe. José Tonelli e do Memorial me traz um sentimento que não tenho palavras para exprimir. É agradecer a Deus por participar desta história de amor pelos mais pobres e abandonados e sei exatamente em quem confiei. Ao longo desta caminhada só presenciei amor e dedicação de cada Diretor que passou nesta obra, em especial ao Pe. Claudinei que chegou em fevereiro de 2011. Durante a cerimônia de inauguração se passou um filme na minha cabeça, lembrei de todas as etapas, foi muito especial. Ave Maria e Avante!”

Um outro elemento importante a ser destacados nessas duas grandes inaugurações é o fato de que esses ambientes estarão abertos para visitas de colégios, faculdades, empresas e grupos de amigos, logo quando essa pandemia acabar. Assim, o Pequeno Cotolengo poderá deixar sua semente de esperança na vida de dezenas de pessoas que ainda não conhecem o nosso trabalho de amor e compaixão com o próximo! De fato, a caridade está ultrapassando fronteiras. 

“Um sonho que ganhou vida e se tornou realidade”

É nesta confiança que o dia 16 de Julho de 2020 nunca mais será o mesmo para os nossos assistidos e tão pouco para nossa história.

Pequeno Cotolengo Paulista, mais que uma instituição, uma grande família!